sábado, 22 de dezembro de 2007

Vestibular consciente

Acabei postando bem mais vezes do que era pra ter postado, e tudo no mesmo dia! Já estou me achando chato até... hehe
Prometo que este é o último post de hoje e talvez do ano!

Agora deixando de lado os fatos, fotos e tal, vim escrever um pouco...

Como alguns ou nenhuns leram, há alguns dias eu falei que talvez trancasse a faculdade ano que vem.
Pensei muito e decidi por trancar.
Pra quem não sabe eu acabei de concluir o segundo semestre de Rádio e TV na Anhembi Morumbi.

Quis trancar porque não vejo um mercado muito bom nessa área.
Claro que toda profissão é difícil e precisa de dedicação, mas em algumas essa dedicação não compensa o retorno, em outras compensa.

Não existe esse papo de bom mesmo é a gente fazer o que gosta. É claro que a gente tem que fazer o que gosta, mas tem que pensar no dinheiro também! Por que ninguém vive de felicidade... Ou seja, felicidade é bom, mas não sustenta.

Muita gente se forma, paga anos de faculdade e, seja por não encontrar vaga no mercado ou por ver que o mercado é ruim mesmo, acaba trabalhando em outra área que não tem nada a ver com o que a pessoa se preparou para fazer.

As pessoas tem que pensar no que gostam de fazer e procurar alguma profissão em que aquilo se encaixe. Uma pessoa que gosta de artes plásticas, por exemplo, pode se dar muito bem fazendo proteses dentárias, que é uma arte também (exemplo de gente que conheço).

Não devemos pensar pequeno, temos que enxergar longe. No futuro, o que essa profissão pode me oferecer? Conforto, vida saudável ou fins de semana trabalhando e nada de vida?
Temos que pesar tudo.

O mais engraçado (e que me deixou surpreso) foi que, dias depois da minha decisão de trancar a faculdade, saiu uma reportagem no Jornal Nacional falando justamente da negligência ao escolher uma profissão.

As pessoas tem que parar pra pensar sobre o que é dito em orientações vocacionais, palestras e etc. O trabalho tem que nos dar prazer, nos realizar, mas precisamos de um retorno além do prazer e felicidade, pois sem dinheiro ninguém vive.

11 comentários:

Jul!o disse...

faço publicidade e propaganda, e muitos me falaram pra não fazer e talz...mas vi que o mercado esta ate legal (pelo menos aqui no ceara...)
Realmente, temos que pensar muito antes de cursar algo...

CapinaremosRH@gmail.com (Zanfa) disse...

Tem que jogar na balança o que tu gosta de fazer e o quanto tu vai ganhar fazendo isso.

E ver se compensa. =p

bia disse...

:P
Então td q eu posso dizer eh boa sort pra vc na sua proxima faculdad

plyniolp disse...

esse tipo de scolha e phoda.
tbem me arrependi da escolha que fiz pára o vestibular, confesso que nao pensei myuito em mercado nao e sim no que eu gosaria de fazer.
me inscrivi para ingles, mas gostaria de fazer psicologia, e phoda...


otimo blog veio, parabens.


falw

biaaaaaaaa disse...

Bem, como eu jah havia dito, boa sort na sua proxima facul (se vc fo faze)e agora acrescento um feliz natal e otimo ano novo

Carlos S. disse...

Parabéns pelo blog muito bom,espero que tenha sucesso com ele. Gostaria de dar uma pequena dica, porque você não divulga seu blog no Brigg1?

Eu divulgo meus blogs lá.

www.brigg1.com

E se estiver disposto a fazer parcerias entre em contato.

Abraços

Carlos Vin disse...

a grande questão é o equlibrio. o fato é não se vive só de felicidade, mas tb não dá pra se viver a vida inteira pensando " q horas vai acabar essa merda"

Lizandra disse...

yeah!!!

Nathy disse...

Boa sorte para o que for fazer!!!

Carlos S. disse...

Fácil só vc adicionar o link dos meus blogs nos seus blog que eu adiciono o link dos seus nos meus.

Quanto mais parceiros você tiver mais importancia seu blog terá para o google.

Abraços

aguardo resposta, se quiser adicione os links e me avisa para adicionar os seus.

Lanussa Ferreira disse...

Esse negócio de escolher a profissão que vai seguir é realmente complicado. Eu estou no quinto ano de Comunicação Social e o meu diploma já tem um lugar garantido no fundo do meu armário porque eu não tenho a menor vontade de ser jornalista. E se me perguntar o que eu quero ser quando crescer, eu vou responder: "Eu não sei..."

BlogBlogs.Com.Br